betsson
Compartilhe

Oportunidades encontradas no Web Summit Lisboa 2023

A missão de internacionalização deste ano teve como destaque o primeiro Meetup Sebrae Startups realizado em Lisboa, oportunidades de negócios e startup brasileira vencedora na competição de
PorRedação
betsson
Compartilhe

De 13 a 16 de novembro, mais de 400 empresas inovadoras, sendo 200 delas startups cadastradas na plataforma do Sebrae Startups, participaram do Web Summit Lisboa como integrantes da Missão de Internacionalização organizada pela entidade. Foram mais de 70 mil participantes e 2,6 mil startups que puderam fazer networking e aprender mais sobre os diversos temas do dia a dia que impactam o empreendedorismo, em especial sustentabilidade e inteligência artificial

Ao longo dos cinco dias de missão, a delegação do Sebrae, composta por 19 estados do Brasil, participou ativamente de eventos, reuniões e atividades voltadas para o empreendedorismo e a inovação. Cristina Mieko, gestora nacional do Sebrae Startups, destaca que “a missão teve como objetivo impulsionar o desenvolvimento de startups brasileiras, proporcionando uma imersão no ecossistema empreendedor português e estimulando a internacionalização”.

Tendo como fio condutor inteligência artificial, os empreendedores de setores como Saúde e Bem-Estar, Tecnologia da Informação, Educação, Agronegócio, Impacto Socioambiental, Gestão e Consultoria, Logística e Transporte, Crédito e Finança, Varejo e Atacado e Comunicação e Mídia presentes puderam acompanhar uma série de palestras e ativações sobre o tema, além de representarem o Brasil no evento, com estandes, painéis e geração de oportunidades de negócios.

Clarissa Santiago, CEO e cofundadora da Guide121, plataforma de tecnologia inovadora para a comunicação de marcas, destaca a discussão sobre compliance, ética e a regulação necessária no mercado de IA. “Existe uma demanda por advogados e engenheiros especializados no assunto, porque estamos falando de um universo a ser explorado e muitas mudanças ainda vão acontecer a partir do uso da IA pelas pessoas e pelas empresas”.

Já Fernando Moyses, cofundador da Handit, uma desenvolvedora desoftware com foco em projeção e gestão orçamentária, FP&A,forecast e consolidação, comenta sobre os conteúdos de captação de investimento e exit. Ele cita como exemplo a palestra do holandês Marcel van der Heijden, partner da Fortino Capital, que falou sobre a importância de fazer networking e manter o negócio organizado, mesmo em períodos de valuations baixos. “Além de manter bons contatos ativos é preciso buscar entender o porquê de realizar uma operação, tanto para startups quanto para investidores. Além disso, ele destacou também a importância de estar sempre preparado para fazer negócios, porque às vezes uma oportunidade pode surgir de um momento inesperado”, diz.

Oportunidade de negócios em diferentes áreas

Segundo Paulo Renato, gerente nacional de inovação do Sebrae, o retorno dos empreendedores que estiveram no evento foi próspero. “Eu conversei com várias empresas que trouxemos e elas já começaram a fazer negócios. Falaram com investidores, com compradores e com pessoas e atores da cadeia de valor inovativa de Portugal. Ou seja, nós cumprimos a nossa missão que era trazer essas empresas para começarem seu processo de internacionalização e conquistarem outros continentes”, destaca.

Dentre os destaques dos cinco dias de missão está a realização do 1º Meetup Sebrae Startups, que aconteceu em Lisboa. O evento foi marcado por um ciclo de palestras e networking para potencializar o conhecimento do ecossistema de empreendedorismo e inovação português. “Durante este evento, apresentamos cases muito importantes de empreendedores brasileiros, como Rock in Rio, Size Bay, Deeploy e KnowCode, que utilizaram Portugal como um hub para internacionalização”, destaca Alexandre Souza, coordenador do Sebrae Startups em Santa Catarina.

Esta foi mais uma Missão muito importante para ajudar e contribuir com o sucesso da startup brasileiras para além das fronteiras nacionais.

Cristina Mieko, gestora nacional de startups pelo Sebrae.

Além disso, durante o Meetup também aconteceu a assinatura do MoU (Memorandum of Understanding, ou, Memorando de Entendimento, no português) com a Startup Portugal, uma organização sem fins lucrativos do país Europeu, que tem como missão a promoção do empreendedorismo, ligada ao setor público e entidades privadas que operam no ecossistema de empreendedorismo nacional. Essa união entre a entidade portuguesa e o Sebrae visa promover um intercâmbio entre startups brasileiras e portuguesas, facilitando a participação no Web Summit Lisboa e no Startup Summit.

Além disso, a startup Inspira foi a vencedora do Pitch Competition do Web Summit Lisboa 2023. “Ainda tivemos também a grata surpresa de ter uma startup brasileira ganhando a competição de pitch, o que é um orgulho pra todos nós. Esta foi mais uma Missão muito importante para ajudar e contribuir com o sucesso da startup brasileiras para além das fronteiras nacionais”, finaliza Cristina.

Sobre

O Sebrae Startups é uma plataforma que agrega iniciativas de capacitação, conexão e fortalecimento de empresas em early stage para fomentar o empreendedorismo inovador em todo o Brasil. O novo projeto engloba a capilaridade e a força da marca Sebrae para criar a maior rede de startups da América Latina. O objetivo da plataforma é desenvolver o setor tecnológico em todas as regiões do país.

  • Inovação
  • Sebrae Startup
  • Startup
  • Web Summit Lisboa