bacaráAtualização
Compartilhe

Sebrae apresenta soluções inovadoras na Festa do Boi

O evento contou com um estande de quase 5 mil metros, onde o Sebrae/RN apresentou suas soluções
PorRedação
bacaráAtualização
Compartilhe

“Assim como a educação está para as pessoas, a inovação está para os negócios”. A fala é do diretor-técnico do Sebrae, Bruno Quick, durante a sua passagem pela Feira do Boi. “O que vemos aqui parece mágica, mas é inovação. É o único caminho para a produtividade, a diferenciação e o valor”, complementou. Em sua 61ª edição, o evento acontece até 14 de outubro em Parnamirim (RN). Lá é possível encontrar exposição de animais, máquinas agrícolas, comercialização de produtos, crédito rural e tudo o que envolve o mundo do agro. Além do estande do Sebrae/RN, o Polo Agro do Sebrae também fez ativações.

Encantado com tudo o que foi apresentado, Bruno Quick afirma que o evento mostra com clareza de que forma o Sebrae transforma realidades.

A gente consegue ver na prática as soluções e parcerias que entregam tudo o que o empreendedor precisa para elevar o nível, aumentar sua produtividade, agregar valor e acessar mercado.

Bruno Quick, diretor-técnico do Sebrae Nacional.

O estande do Sebrae Rio Grande do Norte contou com uma ampla estrutura em um espaço de quase 5 mil metros quadrados. No espaço chamado de Agência Sebrae Festa do Boi, as pessoas são acolhidas em uma fazendinha modelo com uma área demonstrativa de diversos modelos de negócios rurais, além de uma área de apresentação de desfiles bovinos e equinos melhorados geneticamente pelo programa Leite e Genética e Genepotro do Sebrae/RN e mais uma área de aquicultura.

Para complementar a participação do Sebrae, o Polo Agro também realizou algumas ações na feira do Boi, como a veiculação de um vídeo que apresenta o na abertura de todos os seminários, a ativação da marca em diversos pontos do espaço e a aplicação de um quiz do Polo Agro todos os dias na fazendinha.

O diretor Bruno Quick (dir.) participou da Festa do Boi, onde há estande do Sebrae/RN e ativações do Polo Agro do Sebrae. Crédito: Moraes Neto.

Para Quick, mais do que levar conhecimento, o Sebrae faz pontes. “Seja por meio da Fundação Banco do Brasil, Embrapa, Emater, Senar. Parceiros como o Banco do Nordeste, que nos apoia levando crédito. Dessa forma, a gente chega no produtor com um conjunto de coisas para fazer a transformação. A Feira do Boi é muito importante, aqui vemos o Sebrae real, o Sebrae de valor que está atendendo às múltiplas realidades”, ressaltou.

  • Agronegócio
  • Festa do Boi;
  • Inovação
  • Polo Agro