parimatchAtualização
Compartilhe

Galo da Madrugada conta com adereço feito por artesãs de Tacaratu inspirado na etnia pankararu

Resultado de uma parceria do Sebrae com o artista Leopoldo Nóbrega, as varandas da paz vieram da Terra das Redes para adornar os pés da escultura gigante
PorAdriana Amâncio
parimatchAtualização
Compartilhe

O Galo da Madrugada, símbolo do maior e mais aguardado bloco de Carnaval do mundo, ganhará as ruas repleto de referências. Entre elas, uma homenagem aos povos originários: a escultura gigante terá seus pés coloridos pelas Varandas da Paz, peças feitas em fibra de tecido, com técnica de macramê inspirada nas tradições dos pankararus que habitam o distrito de Caraibeiras, na cidade sertaneja de Tacaratu. Elas ganharam vida pelas mãos das artesãs da Cooperativa dos Artesãos Têxteis de Tacaratu (Coopertêxtil), a partir de uma consultoria realizada pelo Sebrae/PE, que contou com a participação do artista plástico Leopoldo Nóbrega, responsável pela versão 2024 do Galo, batizado de Galo da Paz.

Tacaratu é conhecida como a Terra das Redes. Apesar da tradição, as varandas da paz surgem como um produto inovador, nunca visto na região. Essa inovação é fruto de uma das etapas da consultoria que envolveu uma imersão na aldeia indígena pankararu, para ter contato com os traços, cores e a simbologia cultural desse povo. O produto original foi criado para decorar a lateral de novas redes produzidas pela Coopertêxtil. Após receber o convite para assinar o Galo da Paz, Leopoldo Nóbrega idealizou, ao lado das artesãs, a criação da peça em tamanho cenográfico, com cerca de 4 metros, para representar as penas das patas do Galo da Madrugada.

Valorizar as Varandas da Paz no Galo da Madrugada faz parte de um projeto que eu iniciei, desde que assinei o primeiro Galo, de tornar esse símbolo um propulsor da visibilidade da produção local, valorizando grupos como o dessas artesãs de Caraibeiras e Tacaratu. Em breve, vamos fazer uma grife de produtos inovadores com essas mulheres.

Leopoldo Nóbrega, artista plástico.

No mesmo instante em que o Galo ocupar a Ponte Duarte Coelho e ganhar as ruas de Recife, a coleção Varandas da Paz – Galo da Madrugada 2024 estará disponível para a venda. A peça tem as cores dos anéis olímpicos, que representam a união dos cinco continentes. A Coopertêxtil produz e comercializa peças têxteis e tem como produto mais forte as redes. A criação das Varandas da Paz trouxe novas práticas de produção para as mulheres, que substituíram os nós pelo tear.

“O Sebrae apoia a Coopertêxtil há dois anos, na formalização e gestão. Agora, estamos apoiando a comercialização dos seus produtos no mercado, seja com a divulgação em feiras e outros eventos ou divulgando esses produtos. Por meio do Sebraetec, uma consultoria que é voltada para ajudar os pequenos negócios a inovar, investimos na criação das Varandas da Paz”, explica a gerente da Unidade Sebrae no Sertão Central, Moxotó, Pajeú e Itaparica, Rossana Webster. O projeto de criação da Varanda da Paz – Coleção Galo da Madrugada 2024 contou com orçamento de R$ 70 mil reais, disponibilizados por meio de acordo de parceria com a Prefeitura de Tacaratu.

  • Artesanato
  • Carnaval
  • Galo da Madrugada
  • macramê